16 de dez. de 2009

É Natal ...

A Equipa da Biblioteca Escolar deseja um Feliz Natal
e um Excelente 2010 a toda a Comunidade Educativa.


Deliciem-se com as decorações de Natal da EBVM.
Parabéns a alunos e professores!

Feiras do Livro ...

Até dia 18 de Dezembro decorre, na Biblioteca Escolar a "Feira do Livro".
Podes e deves comprar muito livros.
Aproveita para deixares o troco no "Sapatinho da BE", queremos comprar muitos livros e DVD novos. Participa!
Entre os dias 10 e 12 de Dezembro realizou-se na EBVM a "Feira do Livro Inglês", evento cheio de cor e de livros fantásticos para ler e sonhar...

A Equipa da BE

"Rosa-dos-Ventos"



Está patente, no átrio do 1.º andar do Pav.A, a Exposição/ Concurso "Rosa dos Ventos". Este evento foi organizado pelas áreas curriculares de Geografia e História e Geografia de Portugal. Os alunos produziram excelentes trabalhos em materiais reciclados.
Vota no teu favorito!
O aluno que reunir o maior número de votos ganha um prémio surpresa.
A equipa da BE

9 de dez. de 2009

10 de Dezembro

No dia 10 de Dezembro comemora-se o Dia Internacional do Direitos dos Animais.
O 9.ºA quis assinalar esta data com uma exposição de trabalhos sobre os diferentes animais e os seus direitos.
Tencionam ainda apadrinhar um animal do Jardim Zoológico de Lisboa e fazer recolha de alimentos para os animais do Canil e Gatil do Seixal no decorrer do 2.º período.
                                                                             A Equipa da BE

Feira do Livro 2009

Entre 14 e 18 de Dezembro irá realizar-se a habitual Feira do Livro na EBVM.
Esta actividade terá lugar no pavilhão D, no espaço das "Outras Actividades".
Lembramos que no dia 17 a Feira do Livro estará aberta até às 20:00H.
Convidamos toda a comunidade educativa a participar no evento.
                                                                          A Equipa da BE

PROJECTO DE SOLIDARIEDADE – AJUDA DE MÃE

Nos dias 17 e 18 de Dezembro, vai ocorrer, na nossa escola, uma venda de Natal com o objectivo de angariar verbas para a instituição “Ajuda de Mãe”. Esta actividade vai ser dinamizada pelas turmas 7.º E e 9.ºA, com a supervisão das respectivas Directoras de Turma, Patrícia Ferreira e Mª de Fátima Valente.
Esta instituição aceita, também, doações de objectos de decoração, brinquedos para bebés até aos 3 anos e outros artigos que se encontrem em bom estado, passíveis de serem vendidos. Estes objectos devem ser trazidos na data atrás referida.
A Missão da “Ajuda de Mãe” é apoiar as mulheres grávidas, possibilitando que a mãe possa melhorar a vida da sua família.
Para tal, a Ajuda de Mãe informa, encaminha e acolhe grávidas; informa na área da gravidez, sexualidade e planeamento familiar no seu espaço, em escolas ou em outras instituições; forma as mães para a concretização de uma maternidade plena, que contribua para um desenvolvimento saudável dos seus filhos; promove a qualificação escolar das progenitoras, de modo a que adquiram pelo menos a escolaridade obrigatória; possibilita a reinserção social e profissional das mães tornando possível e mais qualificada a sua entrada no mercado de trabalho, e respectivamente a sua reinserção na sociedade e apoia a família.
Colabore nesta Acção de Solidariedade, doando artigos em segunda mão ou comprando peças de artesanato vendidas pelas voluntárias da Instituição na nossa escola.
                                                                                 A Equipa da BE

1.º de Dezembro

No dia 1 de Dezembro comemoraram-se na EBVM duas efemérides:
- O Dia Mundial da Sida;
- A Restauração da Independência Nacional.
No âmbito do Dia Mundial da Sida, sob Coordenação do  Projecto de Educação para a Saúde, alunos de várias turmas produziram o tão característico "Laço Vermelho", em diversos materiais, para assinalar a data. Estes trabalhos embelezaram todo o espaço escolar.
Relativamente à comemoração da Restauração da Independência Nacional, o grupo disciplinar de História e Geografia de Portugal organizou uma exposição com trabalhos de alunos. Esta exposição esteve patente no átrio superior do pavilhão A e na Sala do Aluno.
                                                                                    A Equipa da BE

Corta-Mato Escolar

No passado dia 27 de Novembro teve lugar o Corta-Mato Escolar, actividade promovida pelos grupos disciplinares de Educação Física dos 2.º e 3.º ciclos de escolaridade.
Foi uma manhã de grande actividade desportiva onde toda a comunidade participou.
Parabéns aos vencedores!
                                                                                                     A Equipa da BE

7 de dez. de 2009

Estação Livro 2009

A "Estação do Livro", actividade dinamizada pela Biblioteca Municipal do Seixal e por todas as escolas do concelho pertencentes à Rede de Bibliotecas Escolares, decorreu este ano entre 16 e 27 de Novembro.
O destaque desta edição é o tema anual da Biblioteca Municipal do Seixal: Ver e Olhar. Foi este o ponto de partida para as actividades que envolveram professores e alunos.
Neste âmbito, teve lugar na EBVM um conjunto de iniciativas de animação e promoção da leitura, nomeadamente:
- Exposição "Ver e Olhar" - trabalhos concebidos pelos alunos das turmas 8.ºA e B, do ano lectivo 2008-2009 - dinamização da Equipa da BE, grupos disciplinares de História e Matemática de 3.º ciclo e  Área de Projecto;
- Palavras a brincar - Sessão de poesia na escola - dinamizadora por Andreia Macedo;
- Ver e Olhar a Vida - Jogo Interactivo- dinamizadora Kikas do Riso;
- Contos e Cantos - Contos e cantos tradicionais Cabo Verde - dinamizadora Celina Pereira;
- Lupublicidade - Sessão de marketing e publicidade - dinamizadora Alexandra Silva.
Os alunos da EBVM assistiram ainda a dois espectáculos:
- "Nos Montes de Viriato - Teatro dinamizado pela Escola Básica 2/3 Nun' Alvares e  "On the road", dinamizado por Tiago Gomes.
Foram duas semanas fantásticas!
                                                                                           A Equipa da BE

23 de nov. de 2009

Ainda a propósito dos 50 anos de Astérix


Apreciem!
Para comemorar o quinquagésimo aniversário de Astérix, criado em Outubro de 1959, a esquadrilha "Patrouille de France" presta homenagem aos gauleses mais famosos, com um filme espectacular realizado por Eric Magnan.

17 de nov. de 2009

A nossa bandeira ecológica


No passado dia 10 de Novembro, ao final da manhã, a comunidade escolar assistiu ao hastear da bandeira Eco-Escolas, tendo estado presentes o comandante da polícia da divisão do Seixal, o vereador do pelouro do ambiente da Câmara Municipal do Seixal e representantes da Agência Municipal de Energia do nosso concelho.
Este galardão foi atribuído ao nosso estabelecimento de ensino em reconhecimento por todo o esforço e empenho nas diferentes iniciativas relacionadas com a protecção do ambiente, desenvolvidas no âmbito do Projecto Eco-Escolas e coordenadas pela professora Lourdes Mendonça.
Simultaneamente, a Equipa do Projecto Eco-Escolas apresentou à comunidade uma exposição subordinada à temática da defesa do Planeta.
Vamos continuar a trabalhar pelo ambiente, para o bem de todos nós!
                                                        A Equipa do Projecto Eco-Escolas

Comemoração do dia de S. Martinho


No passado dia 11 de Novembro comemoramos o Dia de S. Martinho.
A Biblioteca Escolar vestiu-se a rigor, distribuiu marcadores de livros com provérbios populares e desenvolveu várias actividades. Neste âmbito os alunos completaram um texto lacunar relativo à lenda de S. Martinho, encontraram provérbios escondidos, realizaram sopas de letras e escreveram quadras relacionadas com o tema. Sempre que realizaram as tarefas propostas com êxito e de acordo com a tradição do dia, os alunos foram presenteados com um cartucho de castanhas.

                                                                             A Equipa da BE

9 de nov. de 2009

Astérix está de parabéns!

  Foi precisamente há 50 anos, em 1959, que foi lançada a publicação do primeiro livro de uma das mais famosas figuras de banda desenhada (BD), o Astérix.
  A primeira história do Astérix foi publicada na revista Pilote em 1959.
  Foi nas bancas francesas que a primeira história do Astérix veio ao mundo.
  Dois anos mais tarde saiu o primeiro álbum. Chamava-se "Astérix, o Gaulês". Depois foi sempre a somar. Seguiram-se mais 32 álbuns, mais de 1500 páginas de Banda Desenhada com histórias de Goscinny e desenhos de Uderzo.
  No início nada indicava o sucesso da personagem. Afinal não passava de um baixinho, com um amigo armado em gigante desajeitado sempre com um menir às costas.
  Mas, pouco a pouco, estas duas personagens conquistaram um legado de fãs.
Esta dupla só chegou a Portugal em 1961 no n.º 1 da revista "Foguetão".
  Em 1971 no "Domínio dos Deuses" entre os escravos dos romanos, aparecem cinco portugueses, apelidados de iberos ou lusitanos, os únicos portugueses que aparecem na série de BD.
  Para assinalar os 50 anos de Astérix e Obélix foi lançado um novo livro “O Aniversário de Astérix e Óbelix”.
Adapt, in notíciassapo.pt

2 de nov. de 2009

História do Halloween



A origem do Halloween (dia das bruxas) remonta às tradições dos povos que habitaram a Gália e as ilhas da Grã-Bretanha entre os anos 600 a.C. e 800 d.C., embora com marcadas diferenças em relação às actuais abóboras ou à famosa frase "Gostosuras ou travessuras", exportada pelos Estados Unidos, que popularizaram a comemoração.
Originalmente, o Halloween era um festival do calendário celta da Irlanda, o festival de Samhain, celebrado entre 30 de Outubro e 2 de Novembro e marcava o fim do verão (Samhain significa literalmente "fim do Verão").
A celebração do Halloween tem duas origens a pagã e a cristã, que no decorrer da História foram-se misturando.
A origem pagã tem a ver com a celebração celta chamada Samhain, que tinha como objectivo prestar culto aos mortos. Durante o Samhain os sacerdotes druidas actuavam como “médiuns” comunicando com os antepassados. Dizia-se também que os espíritos dos mortos voltavam nessa data para visitar seus antigos lares e guiar os seus familiares.

Quanto à origem cristã, desde o século IV que a Igreja da Síria consagrava um dia para festejar “Todos os Mártires”.
A festa em honra de “Todos os Santos”, celebrava-se, inicialmente, no dia 13 de Maio, mas o Papa Gregório III († 741) mudou a data para dia 1 de Novembro, que era o dia da dedicação da Capela de Todos os Santos, na Basílica de São Pedro, em Roma.
Mais tarde, no ano de 840, o Papa Gregório IV ordenou que a festa de Todos os Santos fosse celebrada universalmente. Como festa de grande importância, começou a fazer parte da sua celebração uma vigília, que preparava a festa no dia anterior (31 de Outubro).
Na tradução para o inglês, essa vigília era chamada All Hallow’s Eve (Vigília de Todos os Santos), passando depois pelas formas All Hallowed Eve e “All Hallow Een” até chegar à palavra actual “Halloween”.
                                                                       Adapt. In, Wikipédia

26 de out. de 2009

Dia Nacional da Biblioteca Escolar

Desde o ano passado que se comemora o Mês Internacional da Biblioteca Escolar, por decisão da IASL (International Association School Library), para celebrar o trabalho desenvolvido pelas Bibliotecas Escolares em todo o mundo. Neste contexto, Outubro é o Mês Internacional da Biblioteca Escolar, este ano subordinado ao tema "School Libraries: The Big Picture".
A Rede de Bibliotecas Escolares (RBE) decidiu, por sua vez, que a última segunda-feira do mês de Outubro, dia 26, seria o dia das Bibliotecas Escolares em Portugal, sob o tema: Panorama.
Para além da divulgação do MIBE através do Placard da BE (cartazes) e Blog da BE, algumas acções têm marcado este mês de "celebração", tais como a distribuição de marcadores e a dinamização da actividade “Conhecer a Biblioteca Escolar”, promovida em articulação com a área curricular não disciplinar de Estudo Acompanhado, onde os alunos visualizam um powerpoint e realizam exercícios interactivos. Esta actividade tem como objectivo dar a conhecer a Biblioteca Escolar aos alunos do 5.º ano de escolaridade, as suas regras de funcionamento e as diferentes dinâmicas das suas zonas funcionais.
Neste dia tão especial divirtam-se vendo os dois vídeos em anexo: a vida secreta dos livros e bibliotecas com ritmo.

22 de out. de 2009

Exposição Ver e Olhar

Ver e Olhar é o nome de uma exposição promovida pela Biblioteca Municipal do Seixal, acompanhada por um conjunto de actividades e ateliês, com o objectivo de desafiar e seduzir o olhar para além da mera impressão.
Este projecto enquadra-se no âmbito da promoção das leituras, visando uma literacia visual para a pintura.
Na passada sexta-feira, dia 17, a turma 9.ºA, da EBVM, visitou a exposição tendo participado de forma interactiva na exploração de diferentes possibilidades de leitura implícitas das obras de arte representadas.

21 de out. de 2009

Dia Mundial da Alimentação - Comemorações

O Dia Mundial da Alimentação, 16 de Outubro, já é aceite por mais de 150 países em todo o mundo, com o objectivo de alertar e consciencializar toda a população, desde a opinião pública até os órgãos directivos e governamentais para a importância de uma boa nutrição no mundo.
A EBVM relembrou a importância deste dia através da exposição “Nós somos aquilo que comemos”, promovida pela Equipa da Educação para a Saúde. Nesta exposição foram apresentados trabalhos realizados pelos alunos sobre a temática.
Neste contexto, a Biblioteca Escolar juntou-se à iniciativa tendo adquirido e divulgado, como Sugestão de Leitura, o livro “Tu és aquilo que comes”, da autora Felicia Law.
Ainda neste âmbito, na sexta-feira, dia 17, as professoras Fátima Valente e Valentina Pereira acompanharam a turma 9.ºA ao Espaço Jovem da Biblioteca do Seixal, onde os alunos participaram na iniciativa ‘Promoção de Estilos de Vida Saudáveis’, subordinada à temática da Alimentação Saudável/Distúrbios Alimentares, nomeadamente, anorexia e bulimia. Esta actividade contou com a colaboração do Centro de Saúde do Seixal e da Eurest Portugal, Lda.

13 de out. de 2009

A Nossa Escola já é uma Eco-Escola!


Conquistámos o galardão Bandeira Verde Eco-Escolas e o
1º lugar no Concurso Nacional do Poster Eco-Código

No dia 29 de Setembro, as Professoras Lourdes Mendonça, Vanda Barreiras e Helena Lança deslocaram-se a Santa Maria da Feira para participar no “Dia das Bandeiras Verdes”, para a cerimónia de entrega do Galardão Eco-Escolas 2008/2009, em representação da nossa escola. Foram acompanhadas pela professora Fernanda Franco, da Escola Básica do 1.º Ciclo N.º 1 de Corroios, que pertence ao nosso Agrupamento, e onde os alunos também desenvolveram projectos no âmbito do Eco-Escolas, tendo recebido o mesmo galardão.
O Eco-Escolas é um Programa Internacional que pretende encorajar acções e reconhecer o trabalho de qualidade desenvolvido pelas escolas, no âmbito da Educação Ambiental. Para a nossa escola, que participou pela primeira vez, a atribuição deste galardão constituiu o reconhecimento do trabalho e empenho dos muitos elementos da comunidade educativa que dinamizaram e se envolveram em muitas e diversificadas actividades nesta área e que, no conjunto, constituíram o nosso Projecto Eco-Escola.
No Dia das Bandeiras Verdes, durante a manhã, foi possível apreciar os diversos ateliês promovidos por várias escolas, recolher informações sobre o que se faz noutras escolas e sobre os projectos e concursos que irão decorrer ao longo deste ano lectivo, desfrutar das actividades e da animação geral proporcionadas pelo espaço e por todos os representantes das muitas escolas presentes no evento. Decorreu ainda uma conferência de imprensa, com a participação de diversas entidades e a entrega de vários prémios.
À tarde, algumas escolas apresentaram um espectáculo, com actividades ligadas ao ambiente e, finalmente, chegou o momento mais aguardado: a entrega dos Prémios do Concurso Nacional do Poster Eco-Código e do Galardão, a Bandeira Verde Eco-Escolas. Foi com orgulho que vimos o Poster da nossa escola conquistar o 1.º Lugar entre os mais de 500 posters a concurso, impresso e distribuído aos muitos participantes deste evento e a ser levado para as escolas de todo o país.
Este ano lectivo 2009/2010, a nossa escola tem uma responsabilidade acrescida e será necessário o envolvimento de toda a comunidade escolar no Projecto Eco-Escolas. Pretende-se continuar a implementar o Projecto e que este seja um valioso contributo para o desenvolvimento da capacidade de agir e de intervir no sentido de melhorar o ambiente, em todos os elementos da comunidade educativa. Os temas deste ano são “Alterações Climáticas”, “Biodiversidade” e “Florestas”, para além dos temas base, “Água”, “Resíduos” e “Energia”, e de outros temas opcionais.
Receber a Bandeira Verde “é simultaneamente um prémio e um compromisso que a escola assume, na continuidade de um trabalho no sentido do desenvolvimento sustentável.”
Queremos conquistar a 2ª Bandeira Verde! Queremos continuar a ser uma Eco-Escola!

21 de set. de 2009

Um sítio onde se pode jogar e aprender tudo sobre os micróbios e a higiene.

Foi hoje disponibilizada a versão portuguesa do portal europeu de sensibilização das crianças para as questões de higiene e doenças criadas por micróbios.

Consultem neste endereço http://www.e-bug.eu/ a versão especial para as escolas.


18 de set. de 2009

Comemorações do Centenário da República

O Ministério da Educação através do Plano Nacional Leitura, da Rede de Bibliotecas Escolares, da Direcção-Geral da Inovação e Desenvolvimento Curricular, e da Secretaria-Geral em articulação com a Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da República propõe a todos os agrupamentos e escolas que, durante o ano lectivo 2009-2010, se envolvam nas comemorações do Centenário da República.
Neste contexto a Comissão Nacional para as Comemorações apresentou ontem um sítio Web específico para a comunidade escolar em http://escolas.centenariorepublica.pt/. Este sítio constitui uma importante ferramenta de apoio para escolas, professores e para a população em geral, disponibilizando informação histórica da I República e do Republicanismo (cronologias, biografias, documentos, imagens, bibliografias), os valores e os ideais republicanos, fornecendo informações úteis ao desenvolvimento de projectos no âmbito das comemorações do Centenário da República.

Como se pode verificar, através da visualização da imagem, o Agrupamento Vertical de Escolas Vale de Milhaços já apresentou o projecto a desenvolver no âmbito desta iniciativa.
No lado direito podem aceder ao N.º 1 da Gazeta das Escolas, boletim das Comemorações do Centenário da República.

15 de set. de 2009

Ontem, dia 14 de Setembro realizou-se a recepção aos alunos do 5.º ano de escolaridade. Após reunirem com os respectivos Directores de Turma, os alunos visitaram vários espaços da escola. Neste contexto, conheceram a Biblioteca Escolar. A equipa responsável pela gestão da BE apresentou as diferentes zonas funcionais e expôs as regras básicas de funcionamento do espaço.
A visita à BE terminou com a oferta de um livro a todos os discentes do 5.º ano no âmbito do projecto Ler + para vencer 2009 - Um novo livro para cada novo leitor.

10 de set. de 2009

Trocar as voltas à Gripe A com a Biblioteca Escolar

As possíveis repercussões do surto de Gripe A - 2009 nas escolas e famílias, nomeadamente o absentismo, em maior ou menor dimensão, de professores, alunos e funcionários, implicam a elaboração de um Plano de Contingência por parte dos estabelecimentos de ensino, através do qual possam responder adequadamente às diferentes fases da pandemia, prevenindo e minorando os seus efeitos sobre as actividades escolares.
No quadro da acção global contra a pandemia, a Rede de Bibliotecas Escolares (RBE) está associada ao projecto «Ler + Agir contra a Gripe A 2009», que propõe diversos recursos e actividades de leitura e escrita sobre o tema. Os dados deste projecto serão disponibilizados no sítio do Plano Nacional de Leitura (PNL)
http://www.planonacionaldeleitura.gov.pt/
e no sítio da RBE http://www.rbe.min-edu.pt/.
Aconselhamos a leitura das orientações e recomendações disponíveis nos sítios da DGS http://www.dgs.pt/ e da Direcção-Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular, www.dgidc.min-edu.pt/.
Neste contexto apresentamos ainda em anexo 3 links com os documentos essenciais do agrupamento, elaborados pelo grupo de trabalho da Educação para a Saúde - Professoras Eduarda Silva, Julieta Rodrigues, Elvira Lourenço e Cristina Dias.
- Plano de Contigência do Agrupamento Vertical de Escolas Vale de Milhaços http://sites.google.com/site/becrevm/PlanodeContingênciaAVEVM.pdf
- Gripe A (H1N1)Informação aos adultos
- Gripe A (H1N1)Informação aos alunos

Estamos de regresso ... cheios de vontade de trabalhar...


Olá a todos! 
Esperamos que as vossas férias tenham sido óptimas e estejam cheios de energia no início deste novo ano lectivo.
Por cá temos algumas novidades. A partir do ano lectivo de 2009-2010 a organização e gestão das Bibliotecas Escolares passou a estar a cargo de professores bibliotecários a tempo inteiro.
Esta medida traduz claramente uma valorização da biblioteca como estrutura axial no desenvolvimento das aprendizagens, que deve trabalhar em articulação com toda a comunidade escolar.
Na EBVM o exercício deste cargo é da responsabilidade da professora Valentina Pereira.
Para coadjuvar a professora bibliotecária existe uma equipa que é constituída pelas professoras, Fátima Valente, Alice Aragão e Vanda Barreiras. Da mesma equipa, faz parte a assistente operacional, Glória Silva.
Neste contexto existem ainda professores colaboradores da BE que representam os diferentes Departamentos Curriculares.

Visita a BE para saberes mais novidades!

29 de jun. de 2009

Fórum Rede de Bibliotecas Escolares

No dia 26 de Junho, decorreu, na FIL (Parque das Nações), o Fórum sobre a Rede de Bibliotecas Escolares (RBE) intitulado “13 anos a construir saberes”, e a equipa da nossa Biblioteca fez questão de estar presente para celebrar a importância das Bibliotecas.

O programa da RBE , existente há 13 anos, foi criado com o objectivo de proporcionar a todos os alunos o acesso a uma biblioteca dentro da sua escola/agrupamento de escolas, de forma a que os alunos possam adquirir competências na leitura e a nível tecnológico, assim como disporem de informação suficiente para que se possam tornar cidadãos informados e participativos.

A Rede de Bibliotecas Escolares, lançada em 1996, pelos ministérios da Educação e da Cultura sofreu, nos últimos 13 anos, um crescimento superior a 1200%. Em 1997, havia 164 bibliotecas integradas na RBE; hoje, estão integradas 2063: 900 em escolas do 1º ciclo e 1163 em escolas do segundo e terceiro ciclo/ secundárias. Na prática, significa que cerca de um milhão de alunos beneficia desta rede de leitura.

4 de jun. de 2009

Homenagear Sophia

Homenagear Sophia

A equipa da Biblioteca Escolar propôs ao Departamento de Língua Portuguesa uma actividade a desenvolver por todos os ciclos, com o objectivo de promover a articulação vertical.
Como na maioria dos anos de escolaridade são abordadas obras de Sophia de Mello Breyner Andresen, resolvemos dinamizar uma exposição sobre livros de Sophia analisados em sala de aula.
Os 5.º anos leram e analisaram a "Fada Oriana"; os 6.º anos, a "Floresta"; os 7.º anos, "O cavaleiro da Dinamarca" e os 8.º anos, "Saga".
Os alunos do 1.º ciclo, através das coordenadoras das Bibliotecas, também participaram nesta actividade. Os alunos do 3.º ano trabalharam o livro "A menina do Mar".
Os alunos aplicaram os seus dotes artísticos e criaram verdadeiras obras de arte que foram expostas com muito carinho nas suas escolas.
A partir de Setembro, vamos criar uma exposição dos trabalhos de todos os ciclos que circulará por todas as escolas da agrupamento interessadas.
Fica aqui um testemunho dos vários trabalhos realizados pelos alunos dos 2º e 3.º Ciclos.

3 de jun. de 2009

Encontro com Ana Maria Magalhães

Foi com grande satisfação que os alunos das turmas B, D e E do 5.º ano receberam a escritora Ana Maria Magalhães.
Os alunos, em sala de aula, leram o livro "Três Fábulas" e prepararam algumas perguntas.
A sessão decorreu bem, os alunos revelaram muito interesse pela obra da escritora e tiveram contacto com o último volume da Colecção "Uma aventura", "Uma aventura na Amazónia".


23 de mai. de 2009

Encontro com Ana Maria Magalhães


No próximo dia 25 de Maio, pelas 10.15h., na sala E9, três turmas do 5.º ano vão ter o prazer de trocar impressões com a escritora Ana Maria Magalhães, que gentilmente aceitou o nosso convite.
Os alunos, na aula de Língua Portuguesa, trabalharam o livro "As Três Fábulas" e, de certeza, estão ansiosos por conversar com a escritora.

Vai ser uma manhã animada...

28 de abr. de 2009

25 de Abril

Na EB 2/3 de Vale de Milhaços, o 25 de Abril foi lembrado com uma exposição dinamizada pelo departamento de Ciências Sociais e Humanas que vai estar disponível até ao dia 5 de Maio.
Com o 25 de Abril, muita coisa mudou no nosso país: acabou a ditadura e começou a democracia, por isso é considerado o dia da Liberdade e é feriado nacional.


24 de abr. de 2009

23 de Abril - Dia do Livro e do Direito de Autor


O dia mundial do livro e do direito de autor é celebrado a 23 de Abril em 100 países. A data foi instituída pela Conferência Geral da UNESCO para prestar tributo aos grandes autores da literatura mundial que nasceram ou morreram neste dia, como é o caso de Cervantes, Shakespeare, …
A celebração procura também encorajar as pessoas, especialmente os mais jovens, “a descobrir o prazer da leitura e a respeitar a obra insubstituível daqueles que contribuíram para o progresso social e cultural da Humanidade” (UNESCO).
Nesta data celebra-se também o direito de autor. Um direito que é reconhecido pela Declaração Universal dos Direitos do Homem (artigo 27º) e pela Constituição da República Portuguesa (artigo 42º). O direito de autor funciona simultaneamente como garantia de defesa do património e dos valores culturais.
A ideia de celebrar este dia surgiu na Catalunha, onde é oferecida uma rosa a cada pessoa que compra um livro. Desde então o dia 23 de Abril tem sido comemorado de diversas formas um pouco por todo o mundo.
Todos os anos o Comité da UNESCO nomeia a Capital Mundial do Livro. Este ano o programa para a promoção do livro escolhido foi o de Beirute, que lhe valeu a nomeação de Capital Mundial do Livro 2009.

15 de abr. de 2009

Exposição - Impressões de Leitura

Para comemorar a Semana da Leitura, de 2 a 6 de Março, a equipa da Be/Cre propôs algumas actividades ao Departamento de Língua Portuguesa, destacando-se Impressões de Leitura.
Na disciplina de Língua Portuguesa e/ou nas áreas curriculares não disciplinares de Estudo Acompanhado, Área de Projecto, procedeu-se à leitura dos contos escolhidos.

Sugestões de leitura por anos de escolaridade:

5.º ano
. A Rosinha, o mar e os sonhos;
. O homem que não queria sonhar e outras histórias


6.º ano
. O menino chamado menino;
. Lendas do mar

7.º ano
. O grande lagarto da pedra azul;
. A árvore;
. Gaivota


8.º ano
. Fala-me de amor (um excerto);
. Histórias da terra e do mar


9.º ano
. O dia cinzento e outros contos de Mário Dionísio

Após a audição da história, individualmente ou em trabalho colaborativo de pares, os alunos registaram frases sobre os sentimentos/ impressões que a leitura despoletou e ilustraram as suas emoções manualmente ou recorrendo às TIC.


25 de mar. de 2009

Conversas à Roda dos Livros


Hoje, a Encarregada de Educação, Otilia Mata, mãe da Marta Mata, do 5.º A, veio à nossa escola conversar sobre os livros da sua infância e leituras actuais.

Durante a sua infância, os livros foram sempre uma companhia e um dos locais assiduamente frequentados era a biblioteca da sua escola, o Liceu Rainha D.ª Amélia, em Lisboa.

Presentemente, continua a preservar o gosto pela leitura, principalmente, durante os seus tempos de lazer.

Março - mês da leitura

Ler com sotaque

No dia 20 de Março, a aluna Cristina Bejan, do 7.º E, incentivada pela sua professora de Língua Portuguesa, Cecília Silva, leu um conto na sua língua materna, o moldavo, e recontou-o em Língua Portuguesa aos alunos do 6.º B.
O conto chamava-se "Albina si paianginul", ou seja, "A abelha e a aranha".
Os alunos foram muito receptivos e fizeram algumas perguntas sobre a língua moldava.

16 de mar. de 2009

Dia Mundial da Árvore e da Floresta

Pensa-se que as primeiras comemorações que se aproximam do actual Dia Mundial da Árvore começaram com os Romanos, uma vez que estes tinham o hábito de enfeitar com fitas de lã e grinaldas de violetas um pinheiro abatido, a fim de celebrar o mito do pastor Átis e da deusa asiática da fertilidade, Cibele.
Quanto à comemoração oficial do Dia da Árvore, teve lugar pela primeira vez no estado norte-americano do Nebraska, em 1872.
John Stirling Morton conseguiu induzir toda a população a consagrar um dia no ano à plantação ordenada de diversas árvores para resolver o problema da escassez de material lenhoso.
A Festa da Árvore rapidamente se expandiu a quase todos os países do mundo, e em Portugal comemorou-se pela primeira vez a 9 de Março de 1913.
Em 1971 e na sequência de uma proposta da Confederação Europeia de Agricultores, que mereceu o melhor acolhimento da FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura), foi estabelecido o Dia Florestal Mundial com o objectivo de sensibilizar as populações para a importância da floresta na manutenção da vida na Terra.Em 21 de Março de 1972 - início da Primavera no Hemisfério Norte - foi comemorado o primeiro DIA MUNDIAL DA FLORESTA em vários países, entre os quais Portugal.


ORAÇÃO DA ÁRVORE

Tu que passas e ergues para mim o teu braço,
Antes que me faças mal, olha-me bem.
Eu sou o calor do teu lar nas noites frias de Inverno;
Eu sou a sombra amiga que tu encontras
Quando caminhas sob o sol de Agosto;
E os meus frutos são a frescura apetitosa
Que te sacia a sede nos caminhos.
Eu sou a trave amiga da tua casa,
A tábua da tua mesa, a cama em que tu descansas
E o lenho do teu barco.
Eu sou o cabo da tua enxada, a porta da tua morada,
A madeira o teu berço e o aconchego do teu caixão.
Eu sou o pão da bondade e a flor da Beleza.
Tu que passas, olha-me e não me faças mal.
Veiga Simões, Maio de 1914


5 de mar. de 2009

Projecto Comenius - Exposição de Casas e Festas Tradicionais Portuguesas

No âmbito do Projecto Comenius, estará patente, a partir do dia 4 de Março, no átrio da Biblioteca Escolar, uma exposição temática sobre casas e festas tradicionais portuguesas que visa desenvolver competências diversas:
- Identificar os valores nacionais e relacioná-los com um conceito mais alargado de identidade europeia.
- Desenvolver as competências de comunicação e criatividade através do uso das novas tecnologias.
- Incentivar o uso das línguas estrangeiras.
- Cooperar com os parceiros da Turquia, Itália e Roménia em tarefas e projectos comuns, baseados no trabalho de equipa e na participação interactiva.
Este trabalho foi realizado pelo 8.º C, sob a orientação da Professora Filomena Sousa que integra a equipa do Projecto Comenius.

4 de mar. de 2009

Março, mês da leitura

A nossa Escola dedica o mês de Março à Leitura. Esta iniciativa tem como objectivo incentivar o “Ler +”, pois segundo as palavras de Daniel Sampaio «(…) a leitura amplia as capacidades do cérebro, criando diferentes perspectivas de interpretação da realidade e novas competências no manejo das emoções, contribuindo para a melhor compreensão da complexidade do mundo.”
Assim, a Biblioteca Escolar promove as seguintes actividades em colaboração com o Departamento de Língua Portuguesa e os docentes que leccionam as Áreas Curriculares não Disciplinares:
- IMPRESSÕES DE LEITURA;
- CONVERSAS À RODA DOS LIVROS;
- LER EM VÁRIOS SOTAQUES.

3 de mar. de 2009

Concurso de fotografia

A Biblioteca Municipal do Seixal, para comemorar o dia Mundial da Árvore e da Floresta, está a promover várias actividades: um programa de rádio escolar, jornais escolares e um concurso de fotografia.

Ideias com Luz - Concurso Fotográfico, centrado no tema “O Homem e a Árvore”

Formato dos trabalhos: Formato digital e/ou película, com a condição de ser impressa no formato 20X30cm ou 30X40cm a P&B ou a cores.
Participantes: As participações são colectivas (grupos de 3 a 5 elementos, podendo incluir um professor).
Formas de participação: Os trabalhos devem ser entregues em envelope fechado, com a apresentação de um pseudónimo, contendo no seu interior a identificação dos autores do trabalho (Nomes, Escola, turma e respectivo contacto telefónico). Os trabalhos deverão conter informações acerca da imagem, local de recolha e o motivo de registo.
Data e local de entrega dos trabalhos: 11 de Março de 2009, na Biblioteca da nossa escola.
Os trabalhos entregues destinam-se a ser impressos, em formato 30X40cm, ou outro grande formato, para serem expostos na exposição colectiva dos trabalhos realizados pelas escolas do Município.
Os Prémios:
1º Lugar – Um curso de fotografia e 3 sessões duplas de cinema, no Fórum Cultural do Seixal
2º Lugar – 1 Sessão dupla de cinema, no Fórum Cultural do Seixal.

Não percas esta oportunidade para mostrares a tua criatividade.

1 de mar. de 2009

“Ser mulher em Portugal: do século XVIIII ao XXI"

O Departamento de Ciências Sociais e Humanas está a dinamizar uma exposição, de 2 a 13 de Março, para comemorar o dia Internacional da Mulher que está patente no átrio da Biblioteca Escolar, pavilhão A. Nos dias 4 e 9 do corrente mês, a exposição está aberta até às 19h.
Aqui encontram-se em destaque várias mulheres que se distinguiram nas mais diversas áreas: ciências, investigação, política, música, literatura…

“É pelo trabalho que a mulher vem diminuindo a distância que a separava do homem, somente o trabalho poderá garantir-lhe uma independência concreta”
Simone de Beauvoir

19 de fev. de 2009

Ratinhos da Biblioteca

“Rato de Biblioteca” é a expressão utilizada para frequentadores de bibliotecas, alguém que conhece os labirintos que levam ao livro, que conhece os “guardadores” desses livros, assim como os “esconderijos” onde a informação se aninha.


Os Mais (+) do mês de Janeiro

Pedro Miguel Basso, 5.º E, n.º 21;
Ricardo Leitão, 6.º J, n.º 21;
Soraia Pinto, 7.º D, n.º 24

13 de fev. de 2009

Dia dos Namorados

Hoje o amor andou no ar na EB 2/3 de Vale de Milhaços.
Foram várias as actividades promovidas:
- Exposição de trabalhos e de livros;
- Edição especial do jornal;
- Painel de mensagens de amor;
- Venda de bombons, trabalhos realizados pelos alunos e flores;
- Troca de correspondência;
- Concurso de cartas de amor;
- Maquete dos personagens principais do Titanic para tirar uma fotografia, ...
Aqui fica o testemunho!


11 de fev. de 2009

200 anos de Darwin



Dia 12 de Fevereiro de 2009 faz 200 anos que nasceu Charles Robert Darwin (Shrewsbury, 12 de Fevereiro de 1809 — Downe, Kent, 19 de Abril de 1882).
Foi um naturalista britânico que propôs a teoria da Evolução das Espécies. Esta teoria é hoje aceite e explica muito fenómenos da Biologia.
Darwin começou a interessar-se por história natural ainda em criança. Era muito curioso em relação ao mundo que o rodeava e coleccionava plantas, animais, conchas, rochas,… Já na universidade, enquanto estudante de Medicina, continuou os seus estudos das diferentes espécies.
No seu livro de 1859, "A Origem das Espécies" (do original, em inglês, On the Origin of Species by Means of Natural Selection, or The Preservation of Favoured Races in the Struggle for Life), ele introduziu a ideia de evolução a partir de um antepassado comum, por meio de selecção natural.

Para comemorar este aniversário, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, estará patente uma exposição sobre a vida e obra de Charles Darwin, entre 12 de Fevereiro e 24 de Maio de 2009.

Livros sobre Charles Darwin existentes na nossa biblioteca:
- Miller, Jonathan; Loon, Borin Van, Darwin para Principiantes;
- Parker, Steve, Charles Darwin;
- Sís, Peter, A árvore da vida.

9 de fev. de 2009

Dia Europeu da Internet Segura


No dia Europeu da Internet Segura, dia 10 de Fevereiro, serão feitas duas transmissões via Internet (Vídeo difusões), a partir das instalações da Equipa RTE-PTE, (Direcção Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular) para todas as escolas, sobre a temática da Segurança na Internet e a Linha Alerta.
Terão lugar, uma de manhã, às 10h, e outra às 15h da tarde. Cada sessão durará cerca de 30 minutos.
Este é o link (
http://videodifusao.crie.min-edu.pt/) para onde devem direccionar o navegador (browser).
Eis alguns endereços úteis para alunos, pais e professores:



7 de fev. de 2009

Crónicas de Nárnia - O Príncipe Caspian

Sinopse: As personagens de C.S. Lewis ganham vida novamente nesta série, As Crónicas de Nárnia, na qual os irmãos Pevensie são novamente transportados de Inglaterra ao mundo de Nárnia.
Um ano depois dos incríveis acontecimentos de O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa, os reis e rainhas de Nárnia vêem-se de volta ao longínquo e maravilhoso reino e descobrem que mais de 1300 anos narnianos se passaram. Durante sua ausência, a Era de Ouro de Nárnia foi extinta, Nárnia foi conquistada pelos Telmarines e agora está sob o domínio do maligno rei Miraz, que governa impiedoso a terra.
As quatro crianças encontram um novo e intrigante personagem: o herdeiro legítimo do trono de Nárnia, o jovem Príncipe Caspian, que foi forçado a ficar escondido enquanto o seu tio Miraz planeja matá-lo para dar o trono ao seu filho recém-nascido. Com a ajuda de um gentil duende, de um corajoso rato falante, de um texugo e do Duende Negro, Nikabrik, os narnianos, liderados pelos poderosos cavaleiros Peter e Caspian, embarcam numa fantástica jornada para encontrar Aslam, retirar Nárnia do domínio tirânico de Miraz e restaurar a magia e a glória da terra.

Curiosidades:
O livro Príncipe Caspian, o segundo na ordem de publicação da obra de sete volumes, existe na nossa BE/CRE. Requisita-o e delicia-te com mais uma aventura das Crónicas de Nárnia.


4 de fev. de 2009

Recordar Almeida Garrett






Almeida Garrett nasceu no Porto, a 4 de Fevereiro de 1799, e faleceu em Lisboa, a 9 de Dezembro de 1854.
Os seus pais refugiaram-se em Angra, como consequência da invasão francesa, em 1809, onde o escritor recebeu a influência do seu tio paterno, o bispo D. Frei Alexandre da Sagrada Família.
Matriculou-se em 1816 na Faculdade de Direito de Coimbra, onde concluiu o curso em 1821. Nesse ano veio para Lisboa, onde obteve sucesso, no âmbito literário, com a representação de Catão (estreado a 29-11-1821) e no político.
Exilado como liberal em 1823, viveu em Inglaterra e em França até 1826.
No regresso a Portugal, dirigiu os jornais O Português e O Cronista, mas conheceu de novo o exílio de 1828 a 1832.
De 1833 a 1836, foi nomeado Encarregado de Negócios e Cônsul-Geral na Bélgica.
Passos Manuel, na chefia do Governo após a Revolução de Setembro de 1838, encarregou-o da restauração do teatro português, missão que levou a cabo criando, não só o Conservatório de Arte Dramática, mas igualmente a Inspecção-Geral dos Teatros e sobretudo o Teatro Nacional.
Foi nomeado Deputado em 1837, Cronista-Mor em 1838 e Par do Reino em 1851.
Em 1852, num Ministério presidido por Saldanha, foi encarregado, por alguns meses, da pasta dos Negócios Estrangeiros.
D. Pedro V agraciou-o, a 25 de Junho de 1854, com o título de Visconde de Almeida Garrett.
A sua obra abarca os três géneros literários: lírico, dramático e narrativo.


OBRAS DESTE ESCRITOR EXISTENTES NA NOSSA BIBLIOTECA:
· Falar Verdade a Mentir (Plano Nacional de Leitura)
· Obras completas de Almeida Garrett (vol. II, V, VI, VII)


2 de fev. de 2009

Encontro Intercultural de Saberes e Sabores


O Pavilhão Municipal do Alto do Moinho, na freguesia de Corroios, recebe entre os dias 2 e 8 de Fevereiro, a 2.ª edição do Encontro Intercultural de Saberes e Sabores.

A nossa escola colaborou nesta iniciativa com a exposição "Raízes", realizada por alunos que se frequentam presentemente o 9.ano e apresentações em powerpoint elaboradas por alunos do 8.º A, no âmbito de Formação Cívica.

Esta iniciativa conta com actividades diversas: exposições, música, dança, teatro, Jogos do Mundo, caminhada, gastronomia, documentários, ...
Das várias actividades, destacamos o colóquio "Educação, Diálogos Transatlânticos e Reinvenções, no dia 2, pelas 21.00h e o seminário "Interculturalidade no Contexto Escolar", no dia 3, entre as 9.00h. e as 17.15h.

29 de jan. de 2009

CONCURSO - Cartas de amor

O Clube de Poesia: D´Arte-Emoção está a promover um concurso subordinado ao tema "cartas de amor" destinado a todos os alunos.
Esta actividade tem como objectivos:

- Comemorar o dia de S. Valentim;
- Experimentar a escrita numa perspectiva lúdica;
- Dar a conhecer as produções dos alunos.
Os trabalhos deverão ser entregues até ao dia 30 de Janeiro à professora de L.P. que seleccionará até três cartas por turma.
As três cartas vencedoras serão publicadas no jornal da escola “Gazeta”.
O dia de São Valentim será, também, comemorado na nossa Biblioteca, com uma exposição, um painel de dedicatórias e a divulgação de poemas de amor.
O marco de correio estará disponível à entrada do pavilhão A para trocares mensagens de amor.
Participa!

28 de jan. de 2009

"APRENDER À 4.ª"

A Equipa da BE/CRE e a Equipa TIC irão dinamizar, às quartas feiras, sessões de formação de utilizadores (professores), no âmbito das Tecnologias da Informação e Comunicação.
Nas primeiras sessões, a temática abordada será "Utilização da Plataforma Moodle no Processo de Ensino-Aprendizagem".
Esta actividade terá início hoje, dia 28 de Janeiro, pelas 12.15H, na Sala E4.
Futuramente serão dinamizadas outras sessões subordinadas aos seguintes temas:
- Software de apresentação - Power-Point;
- Folha de cáculo - Excel;
- Exercícios Interactivos - Hotpotatoes.

INSCREVE-TE

27 de jan. de 2009


EXPOSIÇÃO



Na nossa escola, no átrio do pavilhão A, de 26 de Janeiro a 6 de Fevereiro, está patente uma exposição, subordinada ao tema “TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES: DO SÉCULO XIX AO XXI”, que foi dinamizada pelo Departamento de Ciências Sociais e Humanas.


Nos dias 29 de Janeiro e 2 de Fevereiro, a escola estará aberta até às 19.30 h.. Assim terá a oportunidade de admirar os trabalhos realizados pelos nossos alunos.



26 de jan. de 2009

BIBLIOTECA DIGITAL

Numa tentativa de combater a falta de hábito de leitura dos portugueses, principalmente dos mais novos, que preferem a televisão e a internet, criou-se uma biblioteca, desta feita digital, para crianças e jovens. A nova biblioteca com o nome de Biblioteca de livros digitais, destina-se aos mais novos, disponibilizando a leitura de livros online.
Os livros aí disponíveis serão mais que texto, pois contam com ilustrações, algumas delas animadas. Há ainda a possibilidade de os leitores interagirem acrescentando algo da sua lavra ao final das histórias.
A Biblioteca de Livros Digitais pretende, também, criar uma rede social. Aos registarem-se, os utilizadores poderão juntar-se como amigos e participar na secção Os
Livros da Malta, onde cada um pode acrescentar algo no final de qualquer livro.
Este projecto tem a colaboração do Plano Nacional de Leitura e foi lançado em 17 de Dezembro.

Fonte: Público online

23 de jan. de 2009

I Congresso Internacional sobre Promoção da Leitura - na Gulbenkian - 22 e 23 de Janeiro 2009

Notícia do PÚBLICO

por Rita Pimenta

Ler o quê? Tudo. Anúncios, legendas, jornais e até receitas de culinária, mas principalmente literatura. E para quê? Para ampliar as capacidades do cérebro, aprender a pensar, a ver com o olhar dos outros e a recriar emoções ou sentimentos. A leitura torna o mundo mais inteligível e as pessoas mais inteligentes. Além disso, está vinculada directamente à educação e à cultura e também ao desenvolvimento social e económico sustentado de qualquer país.

Quem o diz são os especialistas em promoção da leitura que hoje e amanhã se reúnem em congresso internacional na Gulbenkian, em Lisboa.

O tema é Formar Leitores para Ler o Mundo e o objectivo também.


As perguntas devem ser feitas pela ordem inversa - Ler o quê? Ler para quê? -, começa por dizer Peter Hunt, professor da Universidade de Cardiff (Reino Unido), especialista em Literatura para a Infância e o primeiro orador no congresso.

"Porque primeiro, argumenta, é preciso definir que tipo de leitores se quer formar."Se quisermos formar 'leitores funcionais', pessoas que conseguem ler o suficiente para ter uma vida normal, como saberem ler anúncios ou um aviso para que não caiam num buraco mais adiante, então pouco importa o que lêem. Para isso, servem os jogos de computador, os jornais, as bandas desenhadas ou a televisão. Se quisermos formar leitores que consigam compreender uma linguagem complexa, para que a sua vida seja também mais complexa e interessante, então, provavelmente, estes leitores precisarão de ler ficção, romances - livros", explica o autor de Children's Literature: Critical Concepts in Literary and Cultural Studies.


A escolha de Peter Hunt para a abertura dos trabalhos foi justificada por António Prole, coordenador da Casa da Leitura, organizadora do congresso, pela comunicação abrangente que irá apresentar. "Irá reflectir sobre o que se passou nos últimos 30 anos na literatura infantil. O que é que mudou? Qual é a diferença entre os livros de hoje e os de então? Será que perderam qualidade? As componentes gráficas e ilustrativas são diferentes? O álbum será uma influência dos meios visuais que está a contaminar a escrita para as crianças? No fundo, pôr o livro em questão.


"Um estudo do Reino Unido relativo a 2008, que será apresentado por Hunt, conclui que, "nos últimos 30 anos, ocorreu uma mudança radical na natureza dos textos escritos para crianças (e no conceito de infância implícito), especialmente em termos de estilo, ritmo e complexidade de referências e estruturas intertextuais e intratextuais".


Ampliar o cérebro


Da Universidade Autónoma de Barcelona chegam ao P2 as respostas de Teresa Colomer, doutorada em Ciências da Educação. "A leitura é uma operação que amplia as capacidades do nosso cérebro. Permite-nos recriar experiências perceptivas, diferentes perspectivas intelectuais e emotivas e dar sentido às situações. Permite-nos dominar as possibilidades da linguagem e essa é a matéria-prima do nosso pensamento. O mundo torna-se mais inteligível (e por conseguinte torna-nos mais inteligentes). É uma forma de desfrutar melhor o nosso tempo de vida."Nunca antecipar as fases de desenvolvimento da criança é uma das regras a seguir quando se orientam as suas leituras: "Devem ler as obras que conseguem compreender em função do seu nível de desenvolvimento e de domínio das convenções literárias. Os miúdos não dominam os saltos temporais e perder-se-iam em obras que se constroem alterando a linha cronológica." Acredita que os contos tradicionais são a melhor base literária, mas que a leitura de livros medíocres também traz vantagens, como a de "consolidar a capacidade leitora sem exigir muito esforço", diz a autora de Siete Llaves para Valorar las Historias Infantiles.


77 milhões de não leitores


Para Galeno Amorim, escritor e jornalista brasileiro, "é fundamental ler, não importa o suporte. Ler (ou ouvir ou tactear!) livros, revistas, jornais, histórias aos quadradinhos, tudo. Mas, sobretudo, ler literatura, nos seus mais diferentes géneros". Foi o primeiro coordenador do Plano Nacional do Livro e da Leitura no Brasil e fala na existência, em paralelo, de "95 milhões de leitores de livros e de 77 milhões de não leitores".


Virtudes da leitura: "Ler para ampliar o próprio universo, para se apropriar do conhecimento universal. Para desenvolver a inteligência, mas, principalmente, para olhar com o olhar do outro e, assim, se tornar mais tolerante, mais humano. Nos países pobres ou em desenvolvimento, ler é fundamental como meio de promover a cidadania.


"António Prole, assessor da Direcção-Geral do Livro e das Bibliotecas, diferencia-se dos teóricos cujo objectivo essencial é formar leitores literários. "Eu, como português, quero formar leitores competentes. Sabendo que, quando tiver uma grande massa de leitores competentes, terei (não na proporção directa) uma maior capacidade de ter leitores literários."


A redescoberta do prazer da leitura foi uma das respostas enviadas por Sandra Beckett, professora da Universidade de Brock, Canadá, que estuda a ficção de cruzamento, em que adultos e crianças partilham o mesmo tipo de leituras, caso dos livros do Harry Potter. "A ficção de cruzamento ganhou visibilidade nos media. Mais adultos estão neste momento a ler literatura para a infância, porque alguns dos melhores escritores são desta área. Redescobrem assim o prazer de uma boa história, como nos casos das imaginadas por J.K. Rowling, Philip Pullman e outros."Outros especialistas passaram pela Gulbenkian nestes dois dias, um congresso que fecha o primeiro ciclo da Casa da Leitura, criada há três anos.


Quem não poder ir, pode acompanhar a conferência em directo aqui!


(Fonte: Blog No Bico da Andorinha)

Cinema na BE/CRE


A equipa da Biblioteca disponibiliza aos seu utilizadores, às quartas-feiras, uma actividade lúdica, uma sessão de cinema, que ajuda a ocupar os tempos-livres dos alunos.


Todas as quarta-feiras, a partir das 13h, há um cantinho especial que permite a visualização, em pequeno grupo, de um filme do acervo da biblioteca.


O Sr. Fernando, um dos nossos funcionários, é o responsável pela dinamização da actividade que tem sido do agrado dos nossos alunos.


O filme da próxima semana é Ella Encantada .

Sinopse : Anne Hathaway, a encantadora actriz de O Diário da Princesa, é Ella nesta mágica aventura, Ella Encantada.
No dia em que nasceu, Ella é 'abençoada' com um dom pela sua Fada Madrinha, o dom da obediência, que é ao mesmo tempo uma maldição. Sob nenhumas circunstâncias Ella pode recusar fazer aquilo que lhe ordenem, não importa quão disparatada ou malévola seja a ordem. As coisas tornam-se cada vez mais complicadas quando o seu pai torna a casar e traz para casa uma madrasta odiosa e duas sinistras meias-irmãs, que aproveitam para que Ella faça tudo o que elas querem. Cansada de sofrer às mãos de todos, Ella foge de casa, na companhia de um livro mágico, à procura da sua Fada Madrinha para que lhe retire o seu indesejado dom. Nesta viagem fantástica, Ella entra no reino das mais perigosas e sombrias florestas onde encontra um mundo de fantasia e estranhas personagens que a irão ajudar.

Reserva já o teu lugar.